Select your location
Internacional - Inglés

Grupo Cosentino entra Nova Zelândia e reforça a sua posição na Oceania

Noticias

O Grupo Cosentino, empresa líder na produção e distribuição de superfícies inovadoras para arquitetura e design, continua a consolidar a sua presença no mercado da Oceania, onde entrou pela primeira vez em 2011. Continuando a sua aposta na diversificação geográfica e o controlo próprio da distribuição, a empresa abriu um novo “Center” em Auckland com uma superfície de mais de 2.000 metros2, e que representa um investimento de quase 1.3 milhões de euros.

A instalação possui mais de 2.000 metros quadrados de superfície entre armazém e escritórios, e vai cobrir as necessidades do mercado da Nova Zelândia com uma capacidade de armazenamento de mais 2.300 placas. O “Center” de Auckland possui uma equipe de nove pessoas, e está localizado na zona de East Tamaki, a principal área industrial da cidade, com mais de 2.000 empresas de produção e distribuição.

Esta entrada na Nova Zelândia é completada com a abertura de dois novos “Centers” na Austrália, localizados em Melbourne e Perth, bem como um operador logístico em Adelaide. Esta nova infraestrutura reforça a aposta da Cosentino neste território, onde chegou em 2011 e onde recentemente abriu dois novos Centers.

Esta presença crescente em território Australiano permitiu à Cosentino responder de forma mais eficiente às necessidades deste mercado, cada vez mais maduro no segmento de superfícies de quartzo e com grande potencial de futuro, que representou em 2015 quase 4% das vendas totais do grupo. Com a incorporação do armazém de Auckland, a empresa supera já os 50 empregados na Oceânia.

“Desde a nossa chegada em 2011, o mercado australiano tem ganhado cada vez mais peso e relevância para o Grupo Cosentino, com um aumento progressivo do número de vendas.  Esta entrada no mercado da Nova Zelândia representa um passo a mais na nossa estratégia de crescimento neste continente, onde a curto prazo temos prevista a abertura de novas instalações, nomeadamente um hub de distribuição em Sidney. O objetivo não deixa de ser aumentar o controle da própria distribuição, bem como uma atenção direta e pessoal por parte da nossa equipe, para garantir um crescimento sustentável e qualitativo”, afirmou Ginés Navarro, Diretor Comercial do Grupo Cosentino na Ásia, Pacífico e Venda Direta.

Com o “Center” de Auckland e a forte expansão este ano na Austrália, fica reforçada a aposta da Cosentino no seu reconhecido modelo de internacionalização e de implementação com ativos próprios no exterior, tanto em mercados onde já está presente, como na entrada em novos países como Escócia e Nova Zelândia. O Grupo Cosentino possui mais de 120 unidades de negócio espalhadas por todo o mundo, e mais de 90% da sua faturação provém de mercados internacionais.

?


Previous article
Silestone® e branco, uma combinação segura e eficiente