Select your location
Internacional - Inglés

O C-guide dá as boas-vindas à 2021 ao incorporar Dubai, cidade que está finalizando os detalhes da Expo Mundial

Noticias, Top Trends

Opus Building – Zaha Hadid (Laurian Ghinitoiu)

O C-guide oferece aos usuários arquitetura contemporânea líder de oito grandes cidades, que somam quase 1.600 projetos

Com a chegada do ano novo, a Foundation for Contemporary Architecture e a Cosentino incorporaram no C-guide uma série de projetos de Dubai, cidade onde as obras estão em andamento para sediar a Expo Mundial cuja inauguração, prevista para 2020, teve de ser adiada até outubro deste ano devido à pandemia do coronavírus.

A cidade, que emergiu do deserto, construiu seu primeiro arranha-céu em 1979 e desde então se tornou uma das referências mundiais em arquitetura de arranha-céus. Obras de grandes empresas, como a Index Tower da Foster + Partners ou a Cayan Tower da SOM, contribuem para engrandecer o horizonte da cidade, assim como a Torre Burj Khalifa que, com 830 metros de altura, é o prédio mais alto do mundo e é definitivamente um marco de Dubai.

Canyan Tower – SOM

O interesse de Dubai em se tornar um destino turístico global pode ser visto em uma arquitetura de grande expressividade formal que visa tornar os espaços urbanos mais atraentes. Edifícios como o Opus de Zaha Hadid ou as novas estações de metrô de Aedas são exemplos desse desejo icônico por arquitetura contemporânea na cidade.

Boulevard Plaza Offices  (Aedas)

Outro compromisso estratégico da cidade para o futuro é a promoção da atividade cultural. Obras como o Concrete Arts Center da Alserkal Avenue – desenhado pela OMA como um centro de criação no meio de uma área industrial-, ou o Etihad Museum e o Jameel Arts Center, são exemplos de arquitetura de alta qualidade projetada para promover a cultura e a arte.

Jameel Arts Center

Este é o contexto da Dubai Expo, que é um evento único para refletir sobre os lugares em que vivemos e pensar no futuro com foco na sustentabilidade. A Expo, onde a Cosentino estará presente como empresa colaboradora na construção do Pavilhão da Espanha, será também uma grande oportunidade para analisar as consequências do esforço de desenvolvimento e propor estratégias que estejam alinhadas com o território e cultura local, de acordo com o que as Nações Unidas defendem na Nova Agenda Urbana.

Importantes escritórios de arquitetura de todo o mundo estarão representados nos diferentes pavilhões nacionais e temáticos. O C-guide, por ser um guia com visão global em constante atualização, estará no evento para apresentar os trabalhos mais destacados e contribuir da arquitetura para a conversa sobre o futuro de nossas cidades.


Previous article
Grupo Cosentino investe na expansão internacional com a abertura de novos Centros e Cities