Select your location
Internacional - Inglés

Grupo Cosentino alcança os 984,5 milhões de euros de faturação em 2018, com um EBITDA recorde de 143 milhões

Notícias

O Grupo Cosentino, empresa multinacional com operações em Portugal, líder na produção e distribuição de superfícies inovadoras para o mundo da arquitetura e do design, reforçou a sua solidez financeira em virtude dos resultados obtidos durante o exercício anterior. Em 2018 o Grupo manteve a sua posição de liderança do mercado a nível global, e continuou o seu processo de expansão de modelo de negócio em mercados internacionais, diversificando canais de distribuição, aumentando a gama de produtos, criando emprego e continuando a apostar na inovação e na economia circular.

Principais números do exercício de 2018

O Grupo Cosentino aumentou a sua rentabilidade, aumentando o seu EBITDA a um ritmo superior às próprias vendas. O resultado final do ano ascende aos 984,5 milhões de euros, o que significa um aumento de 9,3% face ao ano anterior.

Quanto ao resultado das Operações, o EBITDA do Grupo aumentou 11% em relação a 2017, atingindo um valor recorde de 143 milhões de euros em 2018. Este resultado também foi fortemente influenciado pela taxa de câmbio. Ao homogeneizar as taxas de câmbio em relação a 2017, o crescimento comparável é de 21%. O Lucro Líquido do Grupo ascendeu aos € 50,5 milhões.

Criação de Emprego

À semelhança dos anos anteriores, o crescimento económico, industrial e comercial foi acompanhado da criação de empregos. O número de funcionários do Grupo no final de 2018 ultrapassou 4.300 pessoas em todo o mundo (4.314 trabalhadores), uma equipa composta por profissionais de até 75 nacionalidades diferentes. Só no ano passado, a Cosentino gerou quase 400 novos empregos diretos (397). Se os últimos três anos forem contabilizados, esse número excede a criação de mais de mil novos empregos.

Além do volume e ritmo de geração de novos empregos, vale a pena destacar que, em 2018, o compromisso com empregos estáveis e de qualidade foi consolidado. Em 2018, a percentagem de empregos com contratos indefinidos dentro do Grupo subiu para 91,16%. Outro dado importante prende-se com o índice de mulheres em posições de liderança, passando de 14,45% em 2017 para 18,07%.

Investimentos produtivos e comerciais

Os investimentos do Grupo no exercício de 2018 superaram os 88 milhões de euros, mantendo o rumo do Plano de Investimento 2016-2020 da empresa.

73% do referido Plano é destinado a investimentos localizados em Almeria, sobretudo no Parque Industrial Cosentino, em Cantoria, e tem como principal foco a melhoria e o aumento da capacidade produtiva, além da industrialização dos novos sistemas de automação e robotização. Ainda dentro do Parque Industrial, e enquanto complemento da política ambiental da empresa, destaque para a construção e arranque da fábrica de processamento de resíduos. Uma iniciativa pioneira que confirma o compromisso da Cosentino com a reciclagem de circuito fechado como eixo fundamental de sua atividade empresarial.

No lado comercial e de distribuição, o Grupo continua com seu processo contínuo de expansão internacional baseado nos seus próprios ativos. Em 2018, a multinacional abriu novos “Cosentino Centers” nos Estados Unidos, Itália, Reino Unido, França, Suécia e Polónia. Por outro lado, com a abertura da “Cidade” de Miami, elevou para 11 o número deste modelo exclusivo de showrooms localizado no centro de algumas das principais capitais mundiais. A empresa fechou 2018 com 136 instalações comerciais e / ou de distribuição própria (117 “Centros”, 11 “Cidade”, 3 Centrais e 5 Operadores Logísticos) distribuídas em mais de 30 países diferentes e distribuindo os seus produtos em 116 países dos cinco continentes. Graças a essas inaugurações, e somando as fábricas de processamento e transformação dos Estados Unidos, o Grupo conta já com um total de 148 unidades de negócios espalhadas pelo mundo.

Para o corrente ano de 2019, a Cosentino mantém seus objetivos de crescimento sustentável e criação de empregos. Para isso, realizará os novos investimentos previstos em seu Plano, com foco especial no projeto de transformação digital, saúde e segurança ocupacional, automação e robotização de processos de fabrico, além de continuar a reforçar o seu compromisso com a inovação e desenvolvimento de novos produtos, e com a abertura de novas infraestruturas, um pouco por todo o mundo.


Previous article
Forbes coloca o Grupo Cosentino como umas das “50 melhores empresas para trabalhar”