Select your location
Internacional - Inglés

Nº 4 da revista C-Top chega mais inspirador do que nunca

Notícias

O Grupo Cosentino, multinacional espanhola líder global na produção e distribuição de superfícies inovadoras para o mundo da arquitetura e design, apresenta o número 4 da sua bem-sucedida publicação C-Top, disponível agora para leitura e download exclusivamente online.

 

Através de mais de 150 páginas, C-TOP oferece um novo e esperançoso olhar para o atual contexto global. A publicação da Cosentino, cada vez mais centrada em tendencia, chega-nos repleta de relatórios e entrevistas sobre arquitetura, design, arte, gastronomia, cultura ou viagens. Anna Murray e Grace Winteringham, designers do estúdio britânico Patternity e criadoras da coleção Dekton® Liquid color, são a capa desta nova edição.

Um dos destaques da edição deste ano é a presença dos produtos Cosentino na Casa Decor Madrid 2020, a mais importante feira de design de interiores da Europa. Os designers de interiores Jaime Jurado, Raúl Martins, Javier Escobar, Tristán Domecq, Soledad Ordóñez, Laura Gärna, Enrique García ou Patricia Häring partilham com a C-Top sobre sua experiência neste evento único e já histórico.

Os designers Emilio Gil e Eugeni Quitllet e o arquiteto Ron Arad são outros nomes de prestígio cujas palavras e obras são refletidas nesta edição. A cultura vem das recomendações de leitura da Biblioteca Pública de Nova York e a gastronomia é apresentada através do inspirador projeto Eating Patterns da designer Vega Hernando.

Num período em que nossa casa se tornou o nosso único mundo, a lista de reprodução C-Top, conta com 12 músicas icónicas. A C-Top viaja também para Amsterdão, uma cidade que constantemente se reinventa do ponto de vista cultural e de design, e explora o deserto do Saara, enquanto fonte de inspiração estética para artistas e profissionais dos mais diversos perfis.  A edição é concluída com incríveis projetos de design de interiores e impressionante conteúdo fotográfico.

Esta é a primeira C-Top desenvolvida em contexto de COVID-19, e cada um dos seus conteúdos foi devidamente pensado e estruturado de forma a que, tendo em conta a conjuntura, possa ser igualmente impactante junto da comunidade a que se destina.


Previous article
Temos de mudar a forma como nos relacionamos com os alimentos