Select your location
Internacional - Inglés

A cozinha: um ecossistema que melhora a sua saúde

Notícias, Top Trends

Perante a atual crise de saúde pública que vivemos, cuidar de nós é mais importante do que nunca. É importante cuidar do corpo e da mente, criando e mantendo hábitos nos mais diversos âmbitos da nossa vida, como a compra e confecção de alimentos.  

A cozinha é cada vez mais um ecossistema de saúde e bem-estar. Viver de maneira saudável e confortável, e sentirmo-nos bem, física e mentalmente, depende também de nós, e dos nossos hábitos.

Antes do início da pandemia, um importante estudo da Global Kitchen, sobre os hábitos dos consumidores tanto na cozinha como no espaço de banho, e que envolveu 9 países (Espanha, Itália, Reino Unido, Estados Unidos, Canadá, entre outros…) publicou importantes conclusões, que alertam para uma transformação significativa do nosso modo de vida.

Mudança de hábitos ao nível dos cuidados de saúde 

Segundo o estudo, o interesse em assumir uma vida saudável modificou alguns dos padrões alimentares tradicionais, seja por razões nutricionais, seja pela crescente preocupação com a qualidade e a origem dos alimentos. Isso trouxe mudanças na compra, armazenamento e preparação de alimentos e, com ele, a introdução de novas maneiras de planejar e organizar cozinhas.

Opinião dos especialistas 

“Os chefs influenciam mudanças nos hábitos alimentares, tanto na escolha dos alimentos (de diferentes culturas ou orgânicos), quer nos processos de cozedura e dos tipos de utensílios utilizados.” Paco Roncero. Chef

“Os Chefs famosos têm a responsabilidade de promover e espalhar mensagens que educam e consciencializam a sociedade, tanto no campo do consumo responsável como nas técnicas e hábitos básicos para uma alimentação saudável, e no que diz respeito à preservação do meio ambiente “. Ángel León. Chef

O interesse na origem dos alimentos também influencia a maneira como os cozinhamos”. Amy Bentley. Crítico gastronómico

 

O estudo Global Kitchen, apresentado em 2019, baseia-se numa pesquisa junto de consumidores de 9 países (Espanha, Itália, Reino Unido, Escandinávia, Estados Unidos, Canadá, Austrália, Singapura e Emirados Árabes Unidos) e na visão de  23 profissionais de diferentes áreas.

No século XXI, precisamos de refletir ainda mais sobre este tema, para que a cozinha continue a fazer parte da nossa cultura e hábitos diários, com o objetivo de melhorar a saúde em todas as etapas da cadeia alimentar ”. Global Kitchen study

#IStayinthekitchen


Previous article
Cosentino brilha nos prémios de comunicação “Dircom Ramón del Corral” 2020