A cozinha tribal de Steffany Hollingsworth

A Cozinha Tribal, rica em cor e textura representa um conceito cosmopolita, como a própria designer, Steffany Hollingsworth. A habitação centra-se em torno da chaminé, uma característica que reunia as pessoas.

O design da cozinha, que incorpora produtos da CosentinoKohler e Benjamin Moore, evoca um sentimento instintivo de estar conectada às raízes tribais e históricas. Steffany e a sua equipa utilizarão o novo Silestone Eternal Serena e Marquina com textura Suede para todo o espaço.

A designer Steffany Hollingsworth responde a algumas perguntas sobre o design da sua cozinha:

O que tinha em mente quando fez o design deste espaço e como imaginou utilizá-lo?

Imaginámos um casal cosmopolita, que gosta de cozinhar juntos, convidar amigos e familiares e que disfrutam do seu tempo livre quando estão em casa: ver um anoitecer, ler um bom livro ou tomar um café ou um copo de vinho em frente à chaminé. Tal como acontecia em culturas diferentes ao longo da história, a chaminé une as pessoas.

O seu trabalho normalmente baseia-se em cores e motivos do sudoeste dos Estados Unidos. Também se inspirou nesse fator para o design desta cozinha?

Embora nos baseemos no Sudoeste to meu país, o nosso objetivo nesta cozinha era alcançar um design e estilo mais «tribal», centralizado numa cultura frente a uma zona geográfica. Celebramos a influência cultural de todas as formas e esperamos entrelaçar os seus objetos artesanais, motivos e materiais no nosso trabalho. Também introduzimos as influências da natureza no nosso trabalho, tanto de forma literal como interpretada, porque acreditamos que dá alma aos espaços que criamos.

Utiliza uma grande variedade de texturas, formas e materiais no seu design. Que conselho daria aos proprietários, sobre as capas de formas e texturas? Como se mantém a coesão?

Sim, essa é uma boa observação. Isto nasce a partir da pergunta anterior, em que a linguagem do material e a textura com derivados culturais/tribais se tece, grava ou adquire o contexto e narrativa que será interpretada através das superfícies.

Nos gostamos de unir elementos sem esmalte com elementos refinados, e jogar uns com os outros. Esforçamo-nos por proporcionar o sentido de autenticidade dos materiais e referências. Estava muito encantada com a nova série Silestone Eternal. Serena, Suede e Marquina adicionam um toque de coesão, fazendo uma transição perfeita entre o efeito cru e o refinado. A coesão vive acompanhada da direção organizada, a conservação e a edição cuidadosa. Só ao utilizar poucos elementos fortes e ver como é que eles se conjugam, contribui para o seu conceito.

O que levou a escolher a combinação entre lavatório e torneira? Foi uma tendência importante para o projeto desta cozinha?

Escolhemos o lavatório de Whitehaven com design de Hayridge porque nos encantou a sua singularidade. O seu ar casual e a qualidade da sua textura foram perfeitas para o nosso design. O lavatório foi a resposta perfeita para a zona de bar pela sua forma e simplicidade. Selecionamos o estilo Simplice pelas suas linhas suaves, orgânicas e contemporâneas e, claro, pelo seu acabamento preto mate perfeitamente alinhado com paleta de cores. Tivemos também em conta o claro aumento da procura de lava-loiças multiusos, que permitem que possa funcionar como zona de limpeza, de preparação de pratos ou até de bebidas.

Tem algum conselho sobre o design de cozinha para quem está neste momento a construir ou reconstruir a sua casa?

Que tentem não seguir uma tendência, poderão arrepender-se mais tarde… É interessante, sim, mas só «no momento».  A cozinha é um espaço em que a forma deve ser secundária á funcionalidade, embora isto não comprometa a estática.  Todos os eletrodomésticos, a luz, la durabilidade e a manutenção das superfícies devem contribuir para a eficiência e comodidade.

Se tivesse de dar um nome ao estilo do design da sua habitação, qual seria e porquê?

Chamaríamos «Instintos Tribais» porque queríamos criar uma cozinha que se evoca num espaço mais casual, natural e contemporâneo. Temos nos esforçado por transmitir uma experiencia de vida – que fosse inteligente, cómoda e vivida na sua plenitude. Demos um tom esfumado a um espaço que por era quente e levamos o tema do esfumado à madeira carbonizado, que cobriu o frigorifico num gradiente de acabamento esfumado nos armários.

 

© Cosentino S.A. All rights reserved

Pin It on Pinterest

Share This